Tarefa Literária 2016

Olá, leitores. Quanto tempo!!

Um feliz 2016! E para começar o ano com muita leitura que tal uma tarefa literária com apenas um livro por mês?

Vamos descrever cada item e dar exemplos de alguns livros para a tarefa durante a semana.

tarefa literária

1-Trocar um livro abandonado com um amigo.

Aquele livro chatissímo que você não conseguiu terminar, que tal tirar o pó da capa e trocar com um amigo que talvez goste?

2-Best-seller de 2015.

Segundo a VEJA os best-seller de 2015 foram … rufem os tambores:

http://veja.abril.com.br/livros_mais_vendidos/

3- Um livro que irá virar filme em 2016.

Que tal estar em dia com os livros que irão virar filme este ano e que você gosta?

4-Biografia de um ídolo.

Será que você é realmente fã dele? Sabe qual o nome da vó, do periquito e papagaio?

Adoro biografias, estou numa fase que até quem não sou fã estou lendo. Prefiro as autobiografias que mostram realmente o pensamento das pessoas e as biografias normalmente é alguém que sabe muito da pessoa ou na maioria das vezes um jornalista.

5- Livro sobre Feminismo.

Gente um dia me perguntaram: O que é feminismo?

Sem ofensas mas acho que a maioria já foi para a aula de história e sabem quanto que as mulheres lutaram pelos mesmos direitos que os homens, direito de trabalhar, estudar e votar! Para mim feminismo é igualdade, todos serem tratados de uma forma só, sem racismo nem nada.

6-Livro inspiração de outros.

“Nada se cria, tudo se transforma”

Muitos livros foram inspiração de outros, sabiam? Um exemplo: O livro 1984, de George foi uma das grandes inspirações para os Jogos Vorazes e para o Big Brother Brasil, é.. pois é!

7- Leia um HQ (História em quadrinho)

É tão envolvente quanto ler um livro só vai ser mais rápido porque você não irá imaginar o cenário e os personagens do livro.

8-  Livro aleatório

Já mostramos aqui no blog que quando você tem muitos livros em casa e não sabe por qual começar a leitura você pode sortear. Pegue os nomes dos livros, dobre e coloque num pote e misture e sorteie! Assim neste item você não precisa gastar e lê os que você já tem em casa😉

9- Livro de suspense

“Eu detetive e o mistério do quadro roubado”

AMOOO esse livro, leiam!!

Se não gostarem desse gênero escolham um de sua preferência.

10- Livro de um autor que te indicaram

Um autor desconhecido ou famoso mas aquele que seu amigo não para de falar.

11- Livro com capa amarela

O nome já diz, é bem simples só ter a capa amarela.

12- Livro em outra língua

Se você não souber outra língua, sorteie novamente no potinho dos livros que você já possuí em casa!

 

DIY: Caderno personalizado com desenho de colorir

Voltou as aulas e está cansado dos seus cadernos? Quer dar uma renovada?

Hoje vamos mostrar no Club de Livros como personalizar um caderno utilizando um desenho do livro de colorir. E com essa dica podemos reutilizar um daqueles cadernos, agendas que recebemos de empresas no final do ano, economizamos dinheiro e árvores.

Material:
– 1 caderno  
– 1 desenho do livro de colorir *existem vários no Pinterest para salvar
– 1 fita adesiva (durex)
– 1 tesoura
– papel contact ou papel para encapar cadernos
– 1 tubo de cola líquida

Selecione o seu desenho preferido de colorir e assista o passo a passo:

http://flipagram.com/f/a5g53r3k1k

  1. escolha o caderno e o desenho
  2. enquadre o desenho no caderno e dobre os restos para dentro da capa do caderno e cole com durex dentro
  3. cole o desenho na capa com cola e espalhe bem para não fazer bolhas
  4. coloque o plástico e corte de um tamanho que dê pra dobrar o resto pra dentro e conseguir encapar seu desenho por completo
  5. dobre o resto do plástico para dentro também da capa e cole com durex.
  6. está pronto seu caderno totalmente personalizado.11854030_10207346128151997_106839104_n11844178_10207346128432004_600353559_n

Resenha: Meu primeiro blog #1

“As pessoas esquecem absolutamente tudo o que fizemos por elas durante anos. Basta um errinho só e já vamos pra lista negra. Isso deveria ser proibido.”de volta

ISBN-13: 9788582350799 ISBN-10: 8582350791 Ano: 2013 / Páginas: 224 Editora: Gutenberg Autor: Bruna Vieira Gênero: Romance Sinopse: O que você faria se pudesse voltar no tempo? Será que, ao fazer escolhas diferentes, você conseguiria mudar sua vida para melhor? Anita tem 30 anos, e sua vida é muito diferente do que ela sonhou para si. Um dia, ao reencontrar seu primeiro blog, escrito quando tinha 15 anos, algo inusitado acontece, e tudo ao seu redor se transforma de repente. Com cabeça de adulto e corpo de adolescente, ela se vê novamente vivendo as aventuras de uma das épocas mais intensas da vida de qualquer pessoa: o ensino médio. Ao procurar modificar acontecimentos, ela começa a perceber que as consequências de suas atitudes nem sempre são como ela imagina, o que pode ser bem complicado. Em meio a amores impossíveis, amizades desfeitas e atritos familiares, Anita tentará escrever seu próprio final feliz em uma página misteriosa na internet.

Continuar lendo

Resenha: Renevants #1

“Eu sabia que existia algo diferente em Vincent. Eu tinha sentido isso, mesmo antes de ver sua foto no obituário. morra por mimEra algo distante de mim, e muito obscuro para eu conseguir entender. Então eu ignorei. Mas agora vou descobrir quem ele é.”

ISBN-13: 9788562525940 ISBN-10: 8562525944

Ano: 2013 / Páginas: 424

Editora: Farol Literário

Autora: Amy Plum

Gênero: Jovem adulto

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Sinopse: Depois que seus pais morrem em um acidente de carro, Kate e sua irmã, Georgia, vão morar com os avós em Paris. Enquanto Georgia encontra na balada a cura para sua tristeza, Kate é mais introspectiva e se recusa a sair e se divertir, até resolver ir para um café com seus livros para tomar um pouco de sol. Ela conhece Vincent, um belo e misterioso garoto parisiense. Ao se relacionar com o menino e descobrir sua história, Kate tem que escolher entre deixar sua paixão de lado e seguir a vida em segurança, e assumir seus sentimentos e toda a complicação que seria namorar alguém imortal e com inimigos, e mudar para sempre sua vida.

Continuar lendo

Resenha: Real #1

ISBN-13: 9788542801774 ISBN-10: 8542801776 real

Ano: 2014 / Páginas: 304

Editora: Novo Século

Autor: Katy Evans

Gênero: Romance

Avaliação: ♥♥♥

Sinopse: Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real.
Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar.
O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.

Continuar lendo

Resenha: Serial Killers: Anatomia do mal

” Albert Fish (1870-1936) enviou uma carta para a mãe da menina depois que ele cortou em pedaços seu corpo e comeu.

Minha querida sra. Budd,
Em 1894 um amigo meu embarcou como ajudante de convéns no navio a vapor. Tacoma, do capitão John Davis. Eles navegaram de São Francisco para Hong Kong, na China. Ao chegarem, ele e dois outros desembarcaram e se embebederam. Quando eles voltaram, o navio tinha ido embora. Aqueles eram tempos de fome na China. Carne de qualquer tipo custava de 1 a 3 dólares o quilo. Tão grande era o sofrimento entre os pobres que todas as crianças com menos de 12 anos eram vendidas para o açougue para serem cortadas e vendidas como comida, a fim de evitar que outros morressem de fome. Uma menina ou menino com menos de 14 anos não estava segura nas ruas. Você poderia ir a qualquer açougue e pedir bife, costeletas ou picadinho de carne, do corpo nu de um menino ou menina seria coratada exatamente a parte desejada por você. A parte de trás dos meninos ou das meninas é a parte mais doce do corpo e ra vendida como costeleta de vitela pelo preço mais alto. John ficou lá por tanto tempo que tomou gosto pela carne humana. Quando voltou a Nova York roubou dois meninos, um de sete e outro de 11 anos. Levo-os para sua casa, despiu-os e amarrou-os em um armário. Então queimou tudo o que tinham. Várias vezes, todos os dias e noites, ele os espancava e torturava, para fazer com que sua carne ficasse boa e macia. Primeiro ele matou o menino de 11 anos, porque ele tinha o traseiro mais gordo e, é claro, bastante carne nele. Cada parte do seu corpo foi cozinho e comido exceto a cabeça, os ossos e as tripas. Ele foi assado no forno (todo o seu traseiro), cozido, grelhado, frito e refogado. O menino pequeno foi o próximo, e foi da mesma maneira.
Naquela época eu morava no número 409E da 100 Street, do lado direito. Ele falava com tanta frequência de como a carne humana era gostosa que resolvi experimenta-la. No domingo, 3 de junho de 1928, eu os visitei no número 406W da 15 Street, do lado esquerdo. Levei um pote de queijo e morangos. Almoçamos, Grace sentou no meu colo e me beijou. Eu me convenci a comê-la. Com a desculpa de levá-la a uma festa, você disse que sim, que ela poderia ir. Eu a levei para uma casa vazia em Westchester que já tinha escolhido. Quando chegamos lá, eu lhe disse para ficar no quintal. Ela colheu flores silvestres. Subi para o ande de cima e tirei todas as minha roupas. Sabia que, se não o fizesse, ficaria com seu sangue nelas. Quando estava tudo pronto, fui até a janela e a chamei. Então me escondi em um armário até ela entrar no quarto. Quando ela me viu todo nu, começou a chorar e tentou correr escadas abaixo. Eu a agarrei e ela disse que ia contar para sua mamãe. Primeiro eu a despi, como ela chutava, mordia e arranhava eu a asfixiei até a morte, então a cortei em pedacinhos para poder levar a carne para meus aposentos. Como era doce e tenro seu pequeno lombo assado no forno. Levei nove dias para comer seu corpo inteiro. Eu não a fodi, apesar de ter podido se assim desejasse. Ela morreu virgem.”serial

ISBN-13: 9788566636123

ISBN-10: 8566636120

Ano: 2013 / Páginas: 480

Editora: DarkSide® Books

Autor: 

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Gênero: Crime/Terror

Sinopse: Entre na mente dos psicopatas. O dossiê definitivo sobre assassinos em série. O que faz gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcok), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por matar e o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria?

As respostas estão no novo lançamento da editora DarkSide Books: Serial Killers – Anatomia do Mal, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein, Deviant (1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia.

Pontuado por curiosidades macabras, dados científicos e fatos pouco conhecidos sobre a trajetória dos principais criminosos em série dos Estados Unidos, Serial Killer, Anatomia do Mal abrange desde a criação do termo serial killer no início do século 20 até o fascínio exercido por matadores seriais na cultura pop (cinema, música, literatura).

Com clareza, ritmo e muita informação, Harold Schechter traça perfis psicológicos impressionantes de criminosos que desafiaram a polícia, viraram notícia e continuam a nos assombrar nas telas da TV e do cinema.

Além de Ed Gein, a galeria de personagens sinistros inclui o cannibal Jeff Dahme, que chegou a matar e devorar uma pessoa por semana no verão de 1991; a ex-prostituta Aillen Wuornos (inspiração para o filme Monster), que, depois de confessar seis assassinatos, pediu para ser condenada à morte para interromper a matança; o assassino Zodíaco (cuja verdadeira identidade é desconhecida até hoje); Charles Manson, o lunático que comandou o assassinato da atriz Sharon Tate em um ritual macabro; e Green River Killer, principal assassino de prostitutas da história, só capturado pela polícia com a ajuda de outro serial killer.

Em Serial Killers, Anatomia do Mal você vai descobrir como eles matam e por que eles matam. Por prazer, dor, amor ou desespero. Por conta de famílias desfuncionais e infâncias perturbadoras. Em nome do demônio ou para o jantar…

Histórias reais, assassinos reais, de uma maneira que você nunca viu, estudados com profundidade, rigor científico e conhecimento psicológico. Um livro que vai atrair a atenção dos fãs das séries CSI, Dexter, Criminal Minds e do Canal Discovery Investigation e de todos aqueles que que querem entender o que se passa na mente dos assassinos mais temidos e cruéis de todos os tempos.

Continuar lendo

Resenha: Diário de um adolescente apaixonado

“Parece que é reflexo de todo mundo dizer ‘eu te amo’, de maneira muito fácil. Como se fosse um espirro. As garotas acabam falando isso muito cedo pros caras e os cara acabam respondendo o mesmo só para conseguir o que eles querem. Não dê valor a um ‘eu te amo’ qualquer, dê valor às atitudes que demonstrem isso.”diario

ISBN-13: 9788581636849

ISBN-10: 8581636845

Ano: 2015 / Páginas: 128

Editora: Novas Páginas

Autor: Rafael Moreira

Gênero: Biografia / Autobiografia / Memórias

Avaliação: ♥♥♥

Sinopse: Ele suou frio quando deu o primeiro beijo. Já sofreu bullying na escola. Já gostou de quem não gostava dele. Sente muita falta de quem foi embora. Já brigou com a namorada por Whatsapp e depois pediu desculpas. Ele não troca os amigos por ninguém. Se bem que amigo, AMIGO mesmo, pra ele, é a família.
Em 24 crônicas bem-humoradas (claro), o Rafa conversa com a gente como se estivesse bem pertinho. Acostumado a mostrar o rosto na internet, ele criou coragem e começou a escrever sobre as situações da sua infância, sua relação com a família, com as meninas, com os amigos. De cada história, ele tirava uma reflexão sobre as mudanças que já aconteceram na sua vida e o que ele aprendeu com elas.
O resultado está aqui, neste livro que você vai ler e depois abraçar bem apertado.

Continuar lendo

Resenha: Os Bedwyn #2 – Ligeiramente maliciosos

ISBN-13: 9788580413939 ligeiramente

ISBN-10: 8580413931

Ano: 2015 / Páginas: 288

Editora: Arqueiro

Autor: Mary Balogh

Gênero: Literatura Estrangeira / Romance

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Sinopse: Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.

Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.

Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.

Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?

Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.

Continuar lendo

John Green vem pro Brasil!

O escritor norte-americano John Green, autor do sucesso literário “A Culpa É das Estrelas” – que estourou também nos cinemas em 2014 –, vem ao Brasil no início de julho para divulgar a nova adaptação de sua obra para as telonas, “Cidades de Papel”. O longa tem previsão de estreia para o dia 9 de julho.

 Além de Green, virá ao país o ator norte-americano Nat Wolff (o Isaac de “A Culpa É das Estrelas”), de 20 anos, que vive o protagonista da nova trama, Quentin Jacobsen.
A história é sobre Quentin Jacobsen que tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita.
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.

Resenha: 23 noites de prazer

” – Se um cara não vem jantar com você, ou ver um filme, ou te manda flores… Mas só aparece quando é conveniente pra transar – ele bateu uma mão na outra. – É homem que não presta”23 noites

ISBN: 9788579306841

Ano: 2014 / Páginas: 344

Continuar lendo